Lego City, Uma Crítica À Arquitetura das Mega Cidades

Leave a Comment

O ensaio “Lego City”, do fotógrafo e diretor de arte alemão Laird Kay, é uma crítica a arquitetura das megacidades e seus incontáveis arranha-céus.


Com direção de Kay e produção conjunta com Raymond Girard, este projeto utiliza peças de Lego é mostrar que não há diferenças na construção de paisagens urbanas contemporâneas mesmo que em lugares e culturas diferentes.
Os skylines deste ensaio podem representar qualquer grande cidade do mundo: Nova York, Singapura, Dubai, Hong Kong, São Paulo… O objetivo é alertar ausência atual da comunidade na forma de desenhar uma cidade.


Segundo Kay, “as cidades costumavam ser o resultado da força de vontade e do desejo coletivo de projetar e controlar o entorno. Elas eram expressões do contemporâneo. Agora tudo é marca e imagem, como plástico. Assim como a Lego City, elas não são construídas para durar, elas podem ser derrubadas assim que as tendências mudarem.”


Kay cresceu brincando com Lego e, como fotógrafo, conheceu muitas dessas cidades. Ele discorda da forma como o mundo lida com os prédios antigos, a cultura da descartabilidade na arquitetura e o desaparecimento das cidades planas em função dos interesses econômicos e em detrimento da qualidade de vida de seus moradores.


De fato, quando mergulhamos nas imagens da Lego City nos sentimos sufocados. E é assim que milhões de pessoas em todo o mundo vivem, amontoadas, aglomeradas em espaços cada vez mais reduzidos.




0 comentários:

Postar um comentário

Labels