Burning Man, Um Festival de Arte & Liberdade

Leave a Comment
 
The Burning Man, o famoso festival de contracultura, realizado anualmente no Black Rock Desert, Nevada, foi criado em 1986 com a proposta de ser durante o período em que acontece uma forma alternativa de sociedade voltada para a comunhão entre o homem, as artes e a natureza, sem nenhuma regra ou lei que não seja a liberdade e a harmonia.

O evento surgiu quando um grupo de amigos resolveu resgatar a tradição da fogueira no solstício de verão. Isso foi em 1986 em uma praia em São Francisco e a fogueira era um homem de quase 3 metros de altura, feito com restos de madeira.


Nos anos seguintes o homem de madeira foi crescendo, assim como o número de pessoas que iam se juntando ao evento, até que em 1990 mudou-se para o Black Rock Desert, hospedando-se em um imenso lago seco. Desde 2010 o evento ultrapassa a marca de 50 mil participantes.


Uma das coisas mais interessantes do Burning Man são as incríveis construções, esculturas, instalações e invenções apresentadas durante o evento. Muitas delas são gigantescas, feitas para durarem apenas 1 semana e também se transformam em fogueira no final do evento.


As tendas também são um espetáculo a parte, não só as de serviços e eventos mas também as que são montadas para acampamento nos 6 dias de festival. Alguns frequentadores do Burning Man acampam com muito estilo e originalidade.





 







Este ano o evento aconteceu e 25 de agosto a 1 de setembro. Toda a organização fica a cargo da Burning Man Project, uma empresa sem fins lucrativos e que desenvolve diversas ações sociais e em prol das artes e cultura.


















0 comentários:

Postar um comentário

Labels