GAMSEI: Um Brinde Contra a Globalização

Leave a Comment



O Gamsei, em Munique, é mais do que um bar, é praticamente um manifesto contra a globalização e a americanização dos bares.
O veterano bartender Matthew Bax diz que é muito chato beber sempre os mesmos drinks, servidos pelo mesmo estereótipo de barman hipster/moderninho, em todos os lugares do mundo.
Segundo Bax, essa padronização tira das viagens sua parte mais interessante que é justamente conhecer a cultura e os costumes de cada lugar. Impossível não concordar com ele.


No Gamsei o cardápio é aberto, os drinks são preparados exclusivamente para cada cliente e sempre utilizando ingredientes locais produzidos caseiramente ou por pequenos produtores, preferencialmente naturais ou até mesmo selvagens.
“Queremos saber onde os nossos produtos são feitos e como foram cultivados . Além disso, a grande maioria dos licores de base, aguardente, xaropes e infusões são caseiros.”



Para abrigar toda essa filosofia o bar projetado e executado por Fabian A. Wagner da Buero Wagner (Munique, Alemanha) em parceria com Andreas Kreft, tem configurações surpreendentes e é um tributo à cultura bávara e ao artesanato local.



O ambiente de uma sala típica cerveja bávara foi reproduzido nos 40m ², com bancos dispostos em estilo anfiteatro em paredes opostas, com o balcão ao centro, promovendo total interação entre os clientes e a equipe.
A madeira clara, carvalho maciço tratado com óleo natural, é o elemento predominante em todos os revestimentos, portas, balcões e prateleiras aumentando a sensação de integração. As lâmpadas surgem entre garrafas de cerâmica brancas, suspensas no teto em uma malha de aço preto. Essas garrafas guardam licores, xaropes e essências. Tudo feito por artesões locais.







0 comentários:

Postar um comentário

Labels