O Brasil na EXPO MILÃO 2015

Leave a Comment

Rainha Victória abrindo a Expo de 1851 no Palácio de Cristal, Hyde Park, Londres


Há mais de 150 anos que as Exposições Universais acontecem nas principais cidades do mundo, promovendo um intenso intercâmbio entre os países participantes e possibilitando a seus visitantes experiências únicas, através do conhecimento e do contato com a cultura e o que há de mais inovador em outros países.
Cada edição da Expo trabalha a partir de um tema, geralmente chamando para a reflexão e discussão sobre desafios a serem enfrentados pela humanidade.


Em 2015, a Itália realiza em Milão a edição da Expo sob o tema “Alimentar o planeta, ENERGIA PARA A VIDA”. Alimentos, sustentabilidade, pesquisa e desenvolvimento são o foco do evento que se concentra em encontrar formas de garantir comida e água para toda a população mundial e ainda realizar avanços efetivos na questão da sustentabilidade e a relação do homem com o meio ambiente.
O Brasil deve ser um dos principais participantes desta edição da Expo visto que,por nossas dimensões continentais e riquezas naturais, há uma grande expectativa sobre como estamos planejando nosso futuro nesse e como poderemos contribuir para com a humanidade nesse quesito.
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) é a responsável pela participação do Brasil na Expo de Milão e para a criação do nosso stand em Milão durante os 6 meses do evento, um concurso reuniu projetos dos maiores nomes da arquitetura brasileira.



Uma equipe técnica formada por profissionais indicados pela Apex e pelo IAB-DF elegeu o projeto do Studio Arthur Casas que, no entendimento da comissão julgadora, é ““marcante, convidativo e enfrenta o tema sob um ângulo inovador”. A comissão também destacou as plantas e fluxos bem resolvidos e o invólucro vazado de grelha metálica e a maneira de trabalhar a interatividade.


O projeto da Atria Arquitetos ficou com o segundo lugar e se destacou pela r acionalidade construtiva com elementos estruturais de fácil montagem e desmontagem, além da utilização de velames translúcidos com nylon trançado reciclado em uma proposta de arquitetura cinética, ativada pelos ventos, transformando um sólido geométrico em um volume diáfano.


Entre os 3 projetos que receberam menções honrosas está o da Luciani e Associados Arquitetura, dos meus amigos  e mestres Mirtes Maria Luciani, Antonio Fabiano Junior  e Francisco Carlos Luciani.
As Expos, são grandes eventos públicos realizados em diferentes partes do mundo desde 1851, quando o Príncipe Albert, marido da Rainha Victoria, realizou a primeira exposição internacional de produtos manufaturados, no Hyde Park em Londres. Posteriormente as Expos aconteceram em várias grandes cidades do mundo e algumas ficaram marcadas na história, como a de 1889 em Paris, que deixou a Torre Eifel como legado para o povo francês e a humanidade.
Com o objetivo de fortalecer relações diplomáticas e comerciais entre os países, as Expos possibilitam ainda um interessante intercâmbio cultural e científico. Além de incentivar o turismo.
No Brasil tivemos a Expo do Rio de Janeiro, em 1922 e São Paulo receberá a edição do evento em 2023.




0 comentários:

Postar um comentário

Labels