A Vida em Preto e Branco

Leave a Comment



Na hora de decidir as cores dos ambientes sempre surgem muitas dúvidas. Em busca da atemporalidade, os tons neutros imperam. O preto e branco assume a vanguarda e cria ambientes cool, sofisticados.


O filósofo inglês John Lock (1632-1704) era um opositor de Descartes e dizia que a mente é uma tela em branco que a experiência vai preenchendo.
O pintor russo Kazimir Malevitch em sua tela O Quadrado Negro Sobre Fundo Branco, pintada entre 1913 e 1915, propunha uma ruptura radical com a arte existente na época e o começo de uma nova arte com muito mais possibilidades. Objetivo alcançado na tela posterior, a transcendência da forma e da cor na obra O Quadrado Branco Sobre Fundo Branco.


Uma casa toda em preto e branco carrega essa simbologia, de espaço receptivo ao novo e a ser preenchido com a vivência. As cores são bem vindas e surgem não de forma pontual mas em comunhão com a luz ou a ausência dela, criando formas que carregam mensagens e dizem muito sobre as pessoas que ali vivem.




Não se trata de minimalismo, nem é a opção mais fácil. Preto e branco são uma opção ousada. Mas o resultado é cheio de personalidade e se coloca muito além das tendências.




0 comentários:

Postar um comentário

Labels